Sexta-feira, 17 de novembro de 2017

A mentira não tem as pernas tão curtas, como dizem. Às vezes, ela vai longe. Alberto Silva governava - na década de 1980- o Estado do Piauí pela segunda vez. Desta vez, em sua garupa, foram eleitos o vice e uma penca de deputados, antigos adversários, que os albertistas chamavam de "oligarcas". Não demorou muito para a "oligarguia", embora atolada no governo, desestabilizar o velho político parnaibano, detentor da maior popularidade do Piauí. "Fogo amigo " não faltava. Para cumprir promessas de campanha, Alberto construiu a Poticabana- cartão postal de Teresina- metrô, e outras obras e ações que deixaram a marca de seu governo. Como caiu na desgraça do presidente Collor, o Piauí deixou de receber ajuda do governo Federal- e os salários dos servidores públicos passaram a sofrer atrasos. Os "mui amigos" aliados, passaram a fomentar todo tipo de "fake news"- pra ver a terra arrasada. Uma delas, dizia respeito sobre uma pequena aeronave que diariamente chegava a Teresina- vindo do Norte- carregada de camarões para abastecer a "Residência Oficial". E muita gente deu crédito a tal aleivosia. Só muito tempo depois soube-se- Alberto já apeado do poder- que esse aviãozinho não transportava nada de crustáceos, mas as "malas" dos Correios. Inêz morta, a "oligarquia" voltou ao poder.

 

---------------------
Flávio Nogueira é médico e presidente estadual do PDT-PI. 


  Deixe o seu comentário 0 comentários aprovado(s).  

Nenhum Comentário ou aguardando aprovação!




Veja também
   
Página inicial
Mais lidas do momento
NOTÍCIAS
MUNICÍPIOS
COLUNAS
OUTRAS PÁGINAS
PARCEIROS
© Copyright 2004/2017. www.acessepiaui.com.br - acessepiaui@hotmail.com - (86) 99978-4674 -Teresina-PI. Todos os direitos reservados.